STF adia por 90 dias o aumento de IPI

Publicado em: 21/10/2011

Compre seu carro importado pelo consórcio. Simule aqui uma compra e planeje!

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou desde essa quinta-feira o aumento imediato no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A medida do governo federal que aumenta o IPI dos carros importados com menos de 65% de peças nacionais em 30 pontos percentuais só poderá valer a partir de dezembro, ao completar noventa dias de publicação, como manda a Constituição Federal.

Julgado em última instância, não há possibilidade de reverter a decisão do STF. As montadoras poderão importar  carros até 16 de dezembro sem repasse no valor do imposto e dos veículos. Quem comprou veículos importados com valor já atualizado pode solicitar o resgate da diferença repassada pela concessionária.

A Associação Brasileira de Importadores de Veículos (Abeiva) deve levantar nos próximos dias o número de importados vendidos com o valor mais alto, mas acredita que sejam poucas unidades. Desde o começo de outubro a venda de carros importados vem diminuindo. O fôlego dado pela medida deve fazer com que as vendas cresçam nos próximos meses.


Veja mais notícias