A A A

Celta é o carro com maior valor de revenda

Publicado em:  

Será que o carro que eu vou comprar vai perder muito valor na hora da revenda? A questão é prioritária para grande parte dos compradores de carro zero. Com razão: como qualquer outro produto de consumo, o carro perde o valor conforme o uso, mas quanto menos perder, melhor. Tanto que o valor de revenda é um dos atributos mais requeridos na hora da compra.

Claro que existem outros atributos valorizados pelo consumidor: beleza, tecnologia, conforto, equipamentos etc., mas se o valor da revenda é prioridade na sua decisão, a melhor compra será um Chevrolet Celta.

O carro da GM é o que menos perde valor depois de um ano de uso, conforme o índice AutoInforme/Molicar sobre depreciação de veículos. O estudo levou em conta a variação de preço nos últimos doze meses de 488 versões de carros e comerciais leves, considerando as opções de carroceria, motorização e acabamento, incluindo também os importados pelas montadoras instaladas no Brasil, mais os coreanos Hyundai e Kia.

O estudo revelou que, na média, o carro brasileiro perde 15,1% do preço após um ano de uso. Mas apenas quatro segmentos perdem menos do que isso: o de picapes pequenas (-13,1%), hatch pequeno (-13,7%), sedã pequeno (-14,1%) e jipe (-14,8%).

Os demais depreciam acima de 15,1% após um ano de uso. Os que mais perdem são os sedãs grandes (-20,9%) e as peruas grandes, que depreciam 21,2% um ano após a compra.

São duas as versões do Celta menos depreciadas, a Life 1.0 VHCE 8v flex quatro portas e a Spirit 1.0 VHCE flex 4 portas. Ambas perdem apenas 10,3% do preço depois de um ano de uso.

Logo em seguida, aparecem duas versões do Palio: o Fire 4 portas, que perde 10,7% em um ano, e o Fire duas portas (-10,9%). O Mille 4 portas (- 11%) e o Mille duas portas (-11,3%) completam a lista dos menos depreciados do mercado brasileiro.

O Celta tem mais duas versões (Life e Spirit duas portas) entre os dez carros menos depreciados. Completam a lista dos dez mais (na verdade doze, porque há triplo empate na décima posição), o Palio ELX, o Mille Way, o Gol G5 4 portas e a picape Strada cabine dupla Working, todos com 12% de depreciação.

Com exceção da picape Strada, os demais carros com melhor desempenho no aspecto financeiro são hatch pequenos, a categoria mais vendida no Brasil e onde existem maior opções de compra. Normalmente esse segmento é o menos depreciado, mas neste ano foi o segmento das picapes pequenas que menos perdeu: somados todos os modelos, o segmento teve uma depreciação de apenas 13,1%, isso graças ao bom desempenho da Strada, de longe a menos depreciada entre as picapes derivadas de carros. O segmento dos hatchs pequenos teve uma depreciação de 13,7%.

Somente na décima e décima segunda posições é que aparecem dois carros de outras categorias: vigésimo colocado, o Fit, da Honda, na versão LX-AT 1.4, perdeu apenas 12,5% em doze meses, mesmo percentual do Ecosport, XLT Freestyle 1.6 vigésimo primeiro.

A lista é longa e mostra que os carros grandes importados são os que mais sofrem a depreciação. Os 25 carros mais depreciados são na sua maioria sedãs grandes, peruas e utilitários esportivos, todos importados.

Na última posição está a perua Passat Turbo 2.0 FSI. Depois de um ano de uso, o dono de um carro desses vai perder nada menos que 25,1% do valor pago por ele quando zero quilômetro.

Outros quatro carros perdem acima de 24% após um ano de uso: o Tiguan perdeu 25% (talvez em razão da mudança de preço sofrida no início do ano), o Omega 24,5%, o Passat 24,4% e o Carnival 24,1%. Essas são as piores opções de compra do ponto de vista financeiro.

 

Fonte: / Webmotors

Atenção! O conteúdo publicado nesta página tem como objetivo prestar informações diversas sobre o mercado automotivo, financeiro e, também, mais especificamente sobre o segmento de consórcio de automóveis, bem como opções de planos e parcelas para aquisição de cota de consórcio.
* Os valores informados estão sujeitos a alterações sem prévio aviso, uma vez que a tabela de preços dos fabricantes pode sofrer alterações a qualquer momento.
** Este SITE não representa oficialmente nenhuma montadora, consórcio de fábrica ou marca de automóvel específica. Para mais informações, acesse o nosso TERMO DE USO e POLÍTICA DE PRIVACIDADE.

Leia mais sobre: Chevrolet Celta Chevrolet


*Comentário sujeito a aprovação

Solicite uma Ligação

Ligamos para você

Receba em instantes uma ligação
e esclareça todas as suas dúvidas

Agende uma Visita

Solicite uma Visita

Receba um Consultor sem compromisso
para conhecer todas as vantagens do
Sistema de Consórcio.

Atendimento Online

Atendimento Online do Consórcio para Motos

Das 8h00 às 18h00 - 2ª a 5ª Feira
Das 8h00 às 17h00 - 6ª Feira
Horário de Brasília

Vantagens do Consórcio

Vantagens do Consórcio

Confira as vantagens de programar
a compra do seu automóvel
através do Consórcio.

Acompanhe nas redes sociais